Instituto de Oftalmologia Castilho
Instituto de Oftalmologia Castilho

Agendamentos: Segunda à sexta: das 8h às 18h30 Sábados: das 8h às 12h

Exames

Angiofluoresceinografia Retiniana e Angiografia por OCT

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Iridotomia (Yag Laser)

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Biometria Óptica

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Mapeamento de Retina

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

CTD - Curva Tensional Diária

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Microscopia Especular

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Capsulotomia (Yag Laser)

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Paquimetria Ultrassônica

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Fotocoagulação Retiniana à Laser

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

CTD - Curva Tensional Diária

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Gonioscopia

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Teste de Schirmer

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Tonometria de Aplanação

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Teste de Sobrecarga Hídrica (TSH)

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Topografia Computadorizada

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Tomografia de Coerência Óptica (OCT de Mácula)

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Teste de Sobrecarga Hídrica (TSH)

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Retinografia de Papila/Estereofoto de Papila

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.

Ultrassonografia Ocular – US

Esse exame tem a finalidade de registrar em imagens a situação dos vasos sanguíneos que irrigam o fundo do olho, ou seja, a retina.

Esses vasos são de suma importância para o bom funcionamento da retina e consequentemente a visão. Para este exame é necessário aplicar colírio que dilata a pupila do paciente.

No momento do exame será aplicado via injeção intravenosa, no braço ou no antebraço o contraste de fluoresceína sódica, que irá alterar a cor dos vasos sanguíneos e possibilitará avaliar com maior nitidez os vasos da coróide e da retina.

O exame é indolor e nada é encostado no olho do paciente. A visualização é feita por um equipamento de tecnologia avançada que distante alguns centímetros do olho faz o registro das imagens.

Indicação:

O exame é recomendado para pacientes com distúrbios circulatórios no olho, com presença de áreas isquêmicas e hemorrágicas.

Orientações:

Por conta da dilatação, é importante que o paciente esteja acompanhado para realizar este exame, isso porque a visão do paciente ficará turva durante algumas horas devido a aplicação do colírio.

Duração:

De 5 a 10 minutos.